Quer ganhar um e-book GRÁTIS?


Assine a nossa lista, e receba grátis o e-book

"Como montar o seu Plano de Investimentos"!

 

Educação Financeira

Pagar à vista ou em parcelas?

Chega o início do ano, e a dúvida que persegue a humanidade desde o início dos tempos ataca novamente: devo pagar o IPVA e o IPTU à vista ou a prazo? A mesma dúvida ocorre ao longo de ano, em várias ocasiões.

Acabaram-se os seus problemas! O Professor Money disponibiliza para você uma planilha simples e fácil de usar, que lhe ajudará a tomar a decisão. Deixe seu e-mail abaixo para baixar a planilha totalmente grátis!

A primeira escolha refere-se à sua situação financeira: se você tiver dinheiro para pagar a sua obrigação à vista, deve escolher “posso pagar à vista”. Caso contrário, se você for tomar dinheiro emprestado, ou usar o cheque especial, escolha “vou pegar dinheiro emprestado”.

A seguir, você deve entrar com a taxa do seu empréstimo (no caso de pegar um financiamento) ou da sua aplicação financeira (no caso de você ter dinheiro para pagar à vista). Tudo ao mês.

Nas próximas três células você vai colocar o valor à vista da obrigação, o valor de cada parcela e o número de parcelas.

Por fim, escolha entre pagamento da 1a parcela “um mês depois do pagamento à vista”, se a 1a parcela for feita apenas um mês depois da data do pagamento à vista. Se, por outro lado, o pagamento da 1a parcela se der no próprio dia do pagamento à vista, escolha “no dia do pagamento à vista”. Em São Paulo, por exemplo, o pagamento da primeira parcela do IPTU e do IPVA se dá no próprio dia do pagamento à vista.

Introduzidos todos estes dados, você obtém a resposta: a taxa implícita na opção de pagamento, e, o mais importante, se vale a pena pagar antecipadamente, ou parcelar.

Crédito do thumbnail: Free Digital Photos

Receba atualizações do site em seu e-mail!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários

  1. jane silva disse:

    Caro professor bom dia, Tenho um cliente que quer ,me pagar o valor de um investimento que minha empresa precisará fazer agora de R$200.000 no valor do preço de venda que cobraremos da peça, cujo volume de vendas é de 10.000 peças por ano para os próximos 3 anos. Como devemos calcular este valor unitário que devemos incluir no preço de venda da peça para que me 3 anos tenhamos o retorno deste investimento a uma taxa de 15% ao ano? Agradeço antecipadamente sua orientação

    • Professor Money disse:

      Prezada Jane, infelizmente não faço consultoria empresarial através deste site. Agradeço sua compreensão.

    • Considerando uma taxa de juros de 15%a.a, um investimento de R$200.000,00 seria liquidado em 3 parcelas anuais de R$87.595,39. Levando-se em conta uma produção de 10.000 peças/ano, o valor unitário corresponderia a aproximadamente R$8,76. Se considerarmos amortizações mensais, o valor unitário seria de aproximadamente R$8,20

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.