Quer ganhar um e-book GRÁTIS?


Assine a nossa lista, e receba grátis o e-book

"Como montar o seu Plano de Investimentos"!

 

Educação Financeira

Enfrentando os pequenos reveses financeiros da vida

Quem já não lamentou decisões que, ao final, mostraram-se financeiramente equivocadas? Não me refiro apenas a decisões de investimentos, mas, de uma maneira mais ampla, a qualquer decisão com algum impacto em nossas finanças. Alguns exemplos:

– Não comprar um seguro de carro ou de saúde, e sofrer um acidente ou ficar doente;

– Descobrir que você poderia estar aplicando em um fundo de investimento mais barato do que o que você tem hoje;

– Comprar uma mercadoria, e descobrir dois dias depois que poderia ter comprado a mesma mercadoria mais barata em outra loja;

– Constatar que aquela roupa caríssima que você comprou foi usada uma única vez e agora está há meses mofando no guarda-roupa;

– Gastar dinheiro em algum serviço mal feito (marcenaria, cabeleireiro, etc).

Poderíamos continuar com esta lista indefinidamente. A atitude mais comum diante dessas situações é o arrependimento. – Ah, se eu pudesse voltar atrás!, é a ladainha mais comum. E o sujeito fica remoendo aquilo, fazendo contas, imaginando o que poderia ter feito com aquele dinheiro que perdeu. Pura perda de tempo. Diante de situações como essas, recomendo duas atitudes:

1. Encare a coisa como um acidente de percurso. Acidentes podem ocorrer por imperícia ou irresponsabilidade, mas não são buscados ativamente. Simplesmente acontecem na vida de qualquer um. Não existe ninguém no mundo que não perca dinheiro em bobagens. O que diferencia os que conseguem sucesso financeiro daqueles que ficam pelo caminho é a segunda atitude…

2. Bola pra frente. O passado é imexível, como dizia um ex-ministro de não saudosa memória. Corrija o que precisa ser corrigido, se é que pode ser corrigido. Por exemplo, se você não tem um seguro, contrate um. Ou, da próxima vez, procure pesquisar mais antes de comprar. Ou ainda, mude para o fundo de investimento mais barato, e pague menos taxa de administração a partir de agora. Simplesmente esqueça o dinheiro que você já perdeu.

– Mas Professor Money, isso não é comodismo? Simplesmente aceitar a perda, assim, sem mais?

Meu caro, se você foi lesado de alguma forma, corra atrás de seus direitos. O que eu disse é que, por mais que você pense, não conseguirá mudar o passado. Uma forma prática de colocar a atitude 1 acima em prática, e facilitar a atitude 2, é pensar que aquele dinheiro perdido foi gasto para consertar o carro. Conserto de carro, com exceção da manutenção programada, é o típico gasto imprevisto, e que normalmente faz um buraco no orçamento. Mas, se você notar bem, é um gasto com o qual nos conformamos com mais facilidade. “Faz parte do custo carro próprio”, pensamos. Bem, o revés financeiro faz parte do “custo vida”. Viver é um risco, já dizia o poeta. E não há risco sem perda de vez em quando. Faz parte.

Em resumo: aprenda com o passado, mas não fique preso a ele. As decisões financeiras são tomadas hoje, não ontem e nem amanhã.

Crédito do thumbnail: Free Digital Photos.

Receba atualizações do site em seu e-mail!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

4 Comentários

  1. yasmin disse:

    quando tenho dinheiro fico querendo gastar so q depois qasto fico arrependida e fico pensando porque n gastei com coisa melhor

  2. lLuciola disse:

    obg.vc me ajudou a compreeder, o q aconteceu comigo,fiquei com muito raiva de ter tomado uma atitude q não deu certo,mas aconteceu. Agora tenho q reverter a situação. Esse REVESES FINANCEIROS veio do significado de um sonho q eu tive essa noite.Sonhei vendo um avião cair,e deu certinho com a situação q eu estou passando. Obrigado compreendir a situação e não vou mas ficar angustiada.

  3. Jônatas R. Silva disse:

    Dr. Money,
    O negócio é aprender com os erros e não cometer os mesmo erros no futuro. Também ainda podemos aprender com os erros dos outros e assim evitar cometê-los. Costumo brincar que só posso cometer erros inéditos: aquele que eu mesmo ou alguém já cometeu eu não admito cometê-los.

    Abraço.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.