Quer ganhar um e-book GRÁTIS?


Assine a nossa lista, e receba grátis o e-book

"Como montar o seu Plano de Investimentos"!

 

Educação Financeira

As taxas de juros do cartão de crédito

Na figura abaixo temos um exemplo das taxas de juros cobradas para parcelar a fatura de um cartão de crédito.

Neste caso, são 24 parcelas de R$ 615,56, que substituem um pagamento à vista de R$ 7.931,01. Uma primeira conta possível é a seguinte: se você poupasse R$ 615, 56 por mês, a uma taxa de juros de 0,6% ao mês, em quanto tempo você conseguiria juntar R$ 7.931,01? A resposta é 12 meses. Ou seja, em metade do tempo. Portanto, se você tivesse paciência para esperar 12 meses para comprar o seu bem, você economizaria metade do dinheiro.

Outra conta interessante é saber qual a taxa de juros embutida nesse financiamento. A resposta é: 6,39% ao mês, ou 110% ao ano! O que nos leva mais ou menos à mesma conclusão que tiramos no parágrafo anterior: os juros fazem dobrar a sua dívida a cada ano.

– Mas eu não tenho outro remédio, Professor Money, a não ser parcelar. Estou duro, sem dinheiro mesmo…

Pois é, deveria ter pensado nisso ANTES de fazer a dívida. Claro, vamos excetuar os “acidentes de percurso”, como assaltos, doenças e outras desgraças. Nesses casos, o indivíduo fica sem dinheiro por motivos alheios à sua vontade. Mas em grande parte dos casos o problema está mesmo na incontinência do consumo, que pode chegar a níveis alarmantes. E se a pessoa não quebra pelo consumo excessivo, os juros de suas dívidas fazem o serviço.

Não caia nessa! Fuja do parcelamento dos cartões de crédito! Tente outras formas mais baratas de financiamento, se for o caso. Os juros do cartão e do cheque especial são os mais caros da praça, depois daqueles cobrados pelos agiotas. Agora, se você infelizmente entrou nessa, procure sair o mais rapidamente possível, cortando gastos na carne, vendendo patrimônio e procurando aumentar a sua renda com bicos e extras. Caso contrário, o futuro será mais negro do que o presente.

Posts relacionados:

Bolha de crédito: você faz parte dela?

Consórcio x Financiamento: o que é melhor?

Se você tem dívidas, rezar ajuda, mas pagá-las é ainda melhor

Cartão de crédito: modos de usar

Cartão: use com moderação

Crédito do thumbnail: Free Digital Photos by Graphics Mouse.

Receba atualizações do site em seu e-mail!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Adelino Lehmkuhl disse:

    Onde poderia encontrar as TAXAS MÉDIAS DE JUROS cobradas, mês a mês, pelos Cartões de Crédito durante os anos de 2003 e 2004? Já pesquisei o Banco Central e a ABECS e nada encontrei.
    Grato.
    Adelino Lehmkuhl
    Perito Judicial

    • Dr. Money disse:

      Adelino, talvez entrando em contato diretamente com o Banco Central, eles possam te fornecer essa informação. O máximo que eles publicam é a taxa média de juros para pessoas físicas e jurídicas, considerando todas as modalidades de crédito.

  2. Roberto Pina Rizzo disse:

    Sempre é bom voltar ao tema, se bem que eu acho que quem quebra por leviandade MERECE quebrar, para ver se aprende.

    Obs.: Tá bom de fatura de cartão, hein? Mais de 7 paus, cliente Personnalité… E o Platinum permite acumular boas milhas aéreas.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.